Arte e Poder

A Tropicália Negra de Edinízio Ribeiro Primo

Este trabalho tem como objetivo, analisar a obra disponível de Edinízio Ribeiro Primo e sua trajetória artística, para que se comece a incluí-lo nas pesquisas sobre a história da arte produzida por artistas negros no Brasil, evitando assim, o seu apagamento. Para isso, será necessária a investigação sobre a exclusão de artistas negros nos escritos sobre a história da arte no país, suas causas e consequências, além de apresentar a trajetória artística e biográfica de Edinízio Ribeiro Primo, para que se possa determinar sua relevância nos escritos sobre (sua) história. Ainda há muitas lacunas e dúvidas que precisam ser melhor elaboradas e cuja tentativa se dará a partir da realização deste trabalho investigativo, que é uma expansão do trabalho de conclusão de curso apresentado na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), na graduação em História da Arte. Esse mapeamento de sua obra, tem como função principal, uma maior visibilidade para a sua curta carreira. A partir da Tropicália e passando pelas questões raciais, será peremptório entender que ainda há muitas correções envolvendo seu nome e que elas precisam ser corrigidas. As buscas virtuais formarão o corpo inicial da pesquisa, pois, a partir delas, se pode entender quais questões precisam ser revistas, para que se direcionem ações de resgate de seu trabalho. Há, nesse sentido, alguns trabalhos sendo desenvolvidos para que os artistas negros sejam reintroduzidos na historiografia oficial, mas elas ainda estão em construção. Desse modo, podemos revisar essas perspectivas sociais acerca da obra de artistas negros a partir do estudo de caso do artista baiano, bem como, tentar responder perguntas ao longo do processo, através da continuidade do seu legado e que enfim podem ser revistas, a partir dos debates acerca da decolonialidade nos espaços institucionais.

Pesquisador

Resumo